quinta-feira, 1 de setembro de 2022

Fechamento Agosto/2022: R$ 274.282,40 (+0,45%)

Quero deixar registrado que faltando mais de um mês para o primeiro turno eu deixei avisado: quem vai eleger o Lula serão os antipetistas.

Não é possível que tantos brasileiros achem que a melhor opção para derrotar o PT seja o Bolsonaro, que é justamente o candidato com o maior índice de rejeição. Já ficou claro que o Lula tem uma base fiel de pelo menos 42%-45% dos votos válidos e que o Bolsonaro não consegue crescer entre os eleitores do Lula, pois eles são justamente os que mais rejeitam o Bolsonaro. As pesquisas também mostram que apenas uma pequena parcela de eleitores se dizem indecisos ou dispostos a votar em branco e nulo e que isso dificilmente é suficiente para derrotar o Lula.

O que todos aqueles que querem impedir a volta do PT deveriam fazer é abandonar a candidatura do Bolsonaro e apoiar outra candidatura com maior viabilidade e menor rejeição, uma alternativa palatável para o eleitorado de direita é Simone Tebet. Claro, faltando um mês para as eleições é difícil que uma onda de bom senso tome conta desse país e que seja capaz de levar uma candidata de 3% dos votos para o segundo turno.

Só não vale dizer depois tal como dito em 2018 que não havia opção, pois havia outros candidatos quatro anos atrás e hoje continuam existindo. E não é apenas Simone Tebet, existem outras candidaturas. Quem quer derrotar o PT tem que acordar para a realidade.

A rentabilidade no mês de agosto foi de 0,45%, de acordo com a Planilha AdP esse mês trouxe pela primeira vez a carteira para o território positivo na rentabilidade do ano. O acumulado agora é de 0,14%. É complicado olhar para uma rentabilidade zero no ano, enquanto a inflação caminha para fechar próxima de 6%. Entretanto é preciso valorizar as boas oportunidades de compra que encontrei em alguns ativos.

Neste mês foram recebidos R$ 755,70 em dividendos. O mês consolidou-se como o melhor desempenho mensal da série histórica. O crescimento em comparação ao ano passado foi de +200%.

No acumulado do ano é de R$ 3.395,76, ou seja, um crescimento de 99% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Aportes: Foram aportados R$ 4.399,62 ao longo do mês em dinheiro novo. Neste mês operei em duas datas:

A primeira, envolveu a troca de ações preferencias ou units de Taesa, Gerdau, Itaúsa e Sanepar por suas respectivas ações ordinárias. Essa estratégia foi inspirada no método Bastter e refletindo a respeito vi que faz sentido para minha carteira a mudança. É válido ressaltar que algumas das ações que tenho em carteira possuem baixa liquidez dos papéis ordinários, entretanto meu objetivo é obter um ganho de longo prazo e com isso a liquidez não é tão relevante, pois imagino que a eventual saída desses ativos possa ser feita paulatinamente.

Uma pequena sobra na corretora foi destinada para RURA11.

No último dia do mês optei por comprar papéis com o dinheiro economizado do mês. Os ativos escolhidos foram:

Itaúsa: Comprei 106 ações. No balanço deste trimestre a companhia anunciou que pretende reduzir as aquisições no momento e focar na redução da dívida. Acho que a posição da empresa faz sentido dentro da minha estratégia e por isso decidi comprar pelo preço atrativo.

WEG: Comprei de 35 ações. É uma rocha na bolsa brasileira, e que reportou um balanço sólido (apesar de pouco impressionante). Fazia muito tempo que não aporta na empresa e ela sempre parece cara demais, apesar da boa qualidade.

Suzano: Comprei 23 ações. Gostei do balanço da empresa neste trimestre e continuo acreditando na tese de longo prazo. A expectativa é sofrer um pouco com a baixa dos preços da celulose nos próximos trimestres, mas é um papel que quero levar para o longo prazo na minha carteira.

Taesa: Comprei 82 ações. Apresentou um bom balanço e a participação no leilão de transmissão terminou com ela arrematando um lote. É uma ótima pagadora de dividendos e tem oscilado muito pouco na cotação. A Taesa é aquele papel na minha carteira que funciona como uma renda fixa dentro da renda variável.

Ações: A temporada de balanço está encerrada. No geral posso dizer que gostei do que as empresas da minha carteira apresentaram. A única exceção foi AES Brasil que anunciou um payout elevadíssimo e poucos dias depois anunciou uma subscrição para financiar a expansão da companhia, acho que uma empresa que está crescendo deveria preferir preservar o caixa ao invés de sair pagando dividendos. Cheguei a cogitar no começo do mês (antes do balanço) em aportar na AESB3, mas decidi esperar a conclusão da subscrição e reavaliar.

Fundos Imobiliários: O KNRI11 tem fechado bons contratos de locação e parece viver uma nova fase.  Os fundos de papel sofreram muito com a queda da inflação. Os proventos mensais caíram.

Renda Fixa: Venceu uma LCI e fiz a reaplicação.

Investimentos no Exterior: Não fiz novos aportes no exterior. A carteira tem andado ao sabor do dólar.

Vida Profissional: Um colega de trabalho me indicou para uma vaga em outra unidade da minha empresa atual, acabei conversando brevemente com o o gestor de lá e ficou acertado que a transferência vai acontecer. Acredito que nos próximos fechamentos terei novidades.

Em comparação a vaga que não fui selecionado em junho, envolve um salário menor e na minha opinião atividades piores (e que não tenho experiência). Estou aceitando pois acho que ter essa experiência no currículo poderá ser interessante pensando em perspectivas de longo prazo. Estou empolgado? Não.

Também recebi a notícia que de meu gestor atual será transferido para outra unidade da empresa (a transferência dele acontecerá agora em setembro), no xadrez politico é uma pena pois eu tinha uma boa relação com ele. Já havia acertado com ele a minha transferência, mas o processo precisará provavelmente da benção do meu novo gestor. É possível ele barrar? Sim, mas não acho provável.

De qualquer forma estou de férias e só vou saber novidades quando eu voltar ao trabalho.

Vida pessoal: Sem informações relevantes.

AVISO: Esse blog é apenas um relato de experiências e opiniões pessoais, trata-se da visão do autor e aplicada apenas a singular realidade social, psicológica e econômica em que ele está inserido. Tendo isso em mente o leitor deve desconsiderar qualquer postagem ou comentário desse blog para a tomada de decisão sobre investimentos. Se você leitor deseja orientação de investimentos, procure profissionais qualificados.

24 comentários:

  1. Rapaz... Não dá pra deixar de comentar que a maioria dos blogueiros que falam sobre seus empregos se mostram desanimados: Funça Beta, Mago Economista, Vagabundo, Engenheiro Tardio, todos relatando desânimo com os seus empregos ou mesmo o mundo do Trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Infelizmente é isso mesmo. Muitas vezes me pego pensando em quão irrelevante é o meu trabalho e o quão estranha é a forma como sou avaliado.

      Abraços,
      Pi

      Excluir
    2. É anon, a vontade do chvrrascvm tem horas que cresce...

      Excluir
  2. 'Não é possível que tantos brasileiros achem que a melhor opção para derrotar o PT seja o Bolsonaro'

    sim. é possivel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. p.s.: ' índice de rejeição' - um numero ou indice inutil - nao serve pra nada

      Excluir
    2. Scant,

      É possível, mas não faz sentido.

      A melhor coisa do Bolsonaro é que ele não é Lula. O resto é bizarro, muito inadequado para ser Chefe de Estado.

      Abraços,
      Pi

      Excluir
    3. "muito inadequado para ser Chefe de Estado." hahahaha, verdade. o cara parece comigo, gente ignorante hahahaha

      pelo menos ele rouba menos que o 9 dedos e sua turma

      abs!

      Excluir
  3. Mago,

    O que funciona como conforto para encarar o trabalho e que ajuda a manter a sanidade mental é que não estou entupido de dívidas igual outras pessoas.

    Abraço,
    Pi

    ResponderExcluir
  4. VVI,

    Obrigado pelos bons votos!

    Sobre AESB3 acho que vou ficar de fora.

    Abraços,
    Pi

    ResponderExcluir
  5. E aí PI nao senti firmeza nessa mudança de trampo sua. Qual a vantagem afinal ? No longo prazo o negócio é parar de trabalhar, e nao escalar os degraus do mundo corporativo hahaha. Sobre a eleicao, outro dia comentei com um amigo que apoia o inominável a mesma coisa. Ele disse ter esperança do povo abandonar o Lula pelo Ciro... e que eleitor de direita mesmo vota é no coiso... Nao dá pra entender esse povo. Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vagabundos,

      Algumas vantagens:

      - Sair de uma unidade da empresa que boatos dão conta (apesar de terem arrefecidos) de que passaria por uma grande "otimização operacional". O risco nesse processo além da demissão é acabar sendo transferido para alguma outra unidade em cargo lateral.
      - O novo cargo é uma posição que permite um pouco mais de possibilidades de crescimento dentro da empresa no futuro a médio prazo.

      Talvez a minha falta de ânimo é por conta da comparação com a vaga interna que eu disputei em junho, e que era algo que eu queria muito que tivesse dado certo pois era (ainda é) meu grande objetivo profissional e oferecia uma remuneração melhor do que essa vaga que aceitei.

      De qualquer forma olhando pelo lado positivo, acredito que essa mudança de vida que os próximos meses me reservam tem potencial para ser um grande divisor de águas na minha vida pessoal.

      Com sinceridade posso dizer que espero me adaptar e realizar um bom trabalho na minha nova função.

      Abraços,
      Pi

      Excluir
    2. No seu caso a mudança vai ser de cidade e não sé de cargo.
      É uma decisão muito particular, mas pode valer a pena sim. Você mora em cidade pequena (de verdade) e em cidades assim quando se fica estagnado, a estagnação é total. Não há muito como sair dessa gaiola.
      Mudando para outro local mesmo também pequeno, pode ser que você dê uma oxigenada na vida em todos os aspectos.
      Porém só vai valer a pena se você for uma pessoa desapegada e afim de começar do zero.

      Excluir
    3. Talvez essa mudança de ares seja boa pra vc. Sucesso!

      Excluir
    4. Agradeço as boas energias.

      Abraços,
      Pi.

      Excluir
  6. Pi, excelente resultado da carteira esse mês, uma série de recordes batidos.Tomara que você consiga mudar de unidade.

    Sucesso,

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João,

      Obrigado. Sobre a mudança de unidade, já está 99% certa. Espero trazer mais novidades no próximo fechamento.

      Abraços,
      Pi.

      Excluir
  7. Olá PI!

    Em relação as trocas das PN por ON, no caso da Sanepar, se não houve mudança desde que fiz meu estudo, as PN pagavam 10% a mais de dividendos, então teria essa pequena vantagem, essa semana mesmo eu comprei mais ações PN dela, até na hora que fui comprar verifiquei que a ON está mais barata e poderia comprar mais ações ON, mas pensando no dividendo maior ainda compensa a PN dela. Já na Itaúsa, ambas pagam a mesma coisa e ambas tem mesmos direitos, tag along etc, então, no caso de Itaúsa o certo é comprar o que tiver mais barato, eu fiz a troca de PN por ON 2 ou 3x, mas nos últimos meses parei de ficar olhando isso... Nas outras citadas eu não invisto e não conheço se existe diferenças relevantes no estatuto das empresas.

    Em relação a política, o que mais tem são pessoas que devido a bolha em que vivem, estão votando por amor ou por ódio a determinado candidato, muitos votam no Fulano porque o amam, ou porque odeiam o Ciclano, e vice versa, quase não vejo discussões dos "currículos" e "propostas", hoje lendo as propostas dos candidatos no site da Infomoney só me agradei do Felipe e da Soraya, o restante não gostei tanto, mas estes já sei que não tem chance, se dá pra confiar nas pesquisas... Acho até que essas pesquisas deviam ser proibidas, porque acabam influenciando demais nas decisões do povo que vai no efeito manada.

    Parabéns pela rentabilidade! Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre as pesquisas eu costumo confiar que elas retratam bem o momento em que são realizadas. Se pegarmos o histórico das pesquisas na véspera de eleição de 2018 e 2014, elas são bem precisas.

      O que vejo é que todos os políticos que estão atrás nas pesquisas costumam desacreditar elas e se por ventura passam a ficar na frente começam a fazer bumbo da liderança.

      Entretanto como diria minha mãe "tem muita água ainda para passar embaixo dessa ponte", então não dá para dizer que por um candidato estar liderando a 50 dias do segundo turno que ele virá a ser eleito. Precisamos ver como as coisas acontecem nas próximas semanas. Hoje a tendência é para a vitória do Lula, mas muita coisa ainda pode acontecer.

      Abraços,
      Pi.

      Excluir
  8. PI, parabéns pelo resultado, sua renda passiva está aumentando com consistência.

    O prognóstico pra esse Brasilzão de meu Deus é o pior possível, na minha opinião.

    Abraço.
    https://engenheirotardio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Fala Pi, me permite discordar um pouco da sua visão sobre a politica brasileira.

    Acredito que a realidade seja aquilo que o Paulo Guedes falou: Bolsonaro tem 25% do eleitorado fiel, Lula tem outros 25% e tem aquele meião ali que ambos estão tentando disputar, e por enquanto oque indica as pesquisas, Lula tem levado vantagem.

    Aqui na minha região o pessoal vive numa bolha, todo mundo acha que bolsonaro irá ganhar no primeiro turno, mas eu sei que essa não é a realidade de regiões como Nordeste onde há muitos votos e são Lulistas.

    Então eu não acredito nessa história de terceira via com ambos os candidatos tendo esses eleitores fieis que idolatram os mesmos.

    Sobre as ações, bacana seus portes, infelizmente não consigo aportar em empresas que tenho dificuldades de ler o balanço, não consigo entender oque eles fazem exatamente, tipo setor de energia.

    ResponderExcluir
  10. Fala PI! Parabéns por mais um mês! Não leve a sério essas pesquisas nem nada, o bostil foi pro vinagre faz tempo, seja que nem o violinista no titanic. Um abraço!

    ResponderExcluir